25 de novembro de 2014

Enquanto o Mapeando não vem, acompanhe o desenvolvimento da lunação de Sagitário, iniciada em 22 de novembro, no meu horóscopo diário no Ela Digital:

ela digital a busca

Comentários desativados

Haja heroísmo para dar conta dos desafios de viver! Sobre o brilho do Sol, no FARM astral:

farm astral o sol

Comentários desativados
1 de novembro de 2014

Um ciclo eclipsado e intenso, recomendo que leia também o relatório para seu signo ascendente para ter um panorama mais completo das possibilidades em desenvolvimento.

Força!

Comentários desativados
27 de outubro de 2014
Comentários desativados
25 de outubro de 2014

O 1o Congresso Internacional de Astrologia Online, palestras gratuitas, a partir da próxima sexta-feira 31 no seu computador. A minha conferência será essa aqui. Inscrições no link, não se esqueça de confirmar no email recebido.

Comentários desativados
24 de outubro de 2014

Depois de falar nos signos, elementos e modalidades, começamos uma nova série de posts sobre os planetas, no Farm Astral. O primeiro é a lua, o mais envolvente dos astros, que ontem eclipsou o sol em Escorpião. Hoje somos todos lua.

Comentários desativados
14 de outubro de 2014

Nessa das coisas voltarem para um novo entendimento durante a retrogradação de Mercúrio, só hoje lembrei que em 2013 o cometa Ison mergulhou no sol no exato momento do meu aniversário, fato que não dei muita importância na época, tanto é que esqueci. A tradição astrológica atribui maus presságios à passagem dos cometas e eu não estava podendo lidar com essa possibilidade, então fechei os olhos. Mas no meu aniversário lá estava Ison mergulhando no sol, e para entrar no clima eu mergulhei no mar, celebrando o ascendente da minha revolução em Peixes.

Só hoje me lembrei disso e, dado tudo que aconteceu comigo em 2014 (para quem não sabe, fui submetida a um transplante de fígado por causa de uma hepatite fulminante, há três meses), o acontecimento adquiriu outra importância e significado. Coincidência? Na astrologia nada é por acaso. O Ison mergulhou no sol e em seguida desapareceu. Já eu, sobrevivi, mas diferente. Como no universo tudo se transforma, se o Ison não é, agora, parte do sol, é no mínimo poeira cósmica, matéria-prima de estrelas.

Então fui pesquisar mais sobre o que estavam dizendo a respeito da mensagem de Ison. A internet tem muita informação duvidosa e com Mercúrio retrógrado há de ser cauteloso quanto ao que lê e ouve, mas é que achei informações tão bonitas e tão mágicas que resolvi aceitar. Meu universo é o da imaginação, porque aliás esse é o requisito para a conexão com as estrelas. A nossa história somos nós mesmos que escrevemos. Cada vez mais tenho essa sensação de um destino a me conduzir, mas também me sinto cada vez mais livre para viver.

Aceitei essa como minha história porque me emocionou, porque fez sentido com a minha experiência, porque quero brincar, porque sou mesmo uma ET e agora, ainda por cima, mutante, porque minha vida se deve ao desenvolvimento da ciência e da tecnologia e de um amor sobrenatural. É assim que pratico a astrologia. Muitos fizeram aniversário junto comigo e não viveram o mesmo que eu, mas se o que averiguei faz sentido para eles também, só eles poderão dizer.

Abaixo uma edição do que pesquisei, segundo o meu critério lúdico:

“Cometas trazem códigos. Conforme despencam através do espaço, vão coletando e liberando informações do cosmos, até serem atraídos pelas órbitas de outros astros.

No final de novembro (2013) o Ison chegou ao ponto mais próximo do sol e sua energia se intensificou, integrando uma nova frequência mental (consciência) ancorada no corpo físico, que se revelará com o tempo e de diferentes maneiras para cada indivíduo, enquanto eles navegam em seu caminho de mestria.

Os códigos de Ison trazem informação da galáxia para uma nova aplicação. À medida que a humanidade evolui, elevamos nossa consciência para incluir a expansão técnica e moral. Ison traz uma maior compreensão da conexão da humanidade com o universo. Sua energia ressoa avanço tecnológico, agora que o corpo humano está se capacitando para lidar com isso, e ressoa uma afetuosa sabedoria, proteção e cura.

Ao mergulhar no fogo solar de Sagitário vindo de Escorpião, Ison é a própria fênix transformada.”

Postei a foto abaixo no Facebook em 28 de novembro de 2013, com a seguinte legenda: “O Ison tá lá mergulhando no Sol e eu resolvi entrar no clima mergulhando também – só que no mar, serve? ‪#‎aniversariando‬”

Comentários desativados
7 de outubro de 2014

O CINASTRO será o primeiro congresso internacional de astrologia online e eu vou participar junto com mais 39 astrólogos do Brasil, Portugal, Argentina e França. O tema da minha palestra em vídeo será “O mapa do tesouro: a Roda da Fortuna na jornada do herói”, preparada para o proveito de mesmo quem seja apenas curioso sobre astrologia e busque autoconhecimento. O evento será entre 31 de outubro e 7 de novembro, transmissão gratuita no seu computador. Pré-inscrições no link, participe!

Comentários desativados
28 de setembro de 2014

É primavera, tempo de florescer :)

Lembrando que estou oferecendo consultas astrológicas pessoais, atendimentos via skype. Para mais informações, mande uma mensagem através da página “contato” deste site ou email para mainamello@gmail.com.

Comentários desativados
25 de setembro de 2014

Ainda estou escrevendo o Mapeando de outubro, que será publicado com capricho na virada do mês. Mas a lunação de Libra já começou e tenho falado sobre seus significados no horóscopo diário do Ela Digital. Haja equilíbrio!

Comentários desativados
13 de setembro de 2014

Alô Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes: sabia que o modus operandi de vocês é MUTÁVEL? É a ação em busca da transformação. No FARM Astral:

Comentários desativados
1 de setembro de 2014

Estou de volta também ao horóscopo do site da Glamour Brasil! O mensal de setembro + o dessa primeira semana já estão no ar, aqui.

Comentários desativados
24 de agosto de 2014

Excepcionalmente o horóscopo de setembro chega dias antes da virada do mês! Um pequeno agrado para os meus ansiosos e queridíssimos leitores, já que fiquei em falta nos últimos dois meses :)

Aproveito para anunciar que já estou retomando as consultas astrológicas pessoais, no momento apenas por skype. Para mais informações, mande uma mensagem através da página “contato” deste site ou email para mainamello@gmail.com.

Comentários desativados
13 de agosto de 2014

O Farm Astral também está de volta! Retomamos a série sobre as modalidades, que são a forma de classificar os signos segundo sua dinâmica energética. A modalidade da vez é a FIXA, um oferecimento para Touro, Leão, Escorpião e Aquário.

Comentários desativados
11 de agosto de 2014

Foi publicado em julho no blog BR Confidencial, da Gogoia Sampaio, um texto meu sobre uma das perguntas que mais ouço na vida rs, o que é o tal do mapa astral?

Comentários desativados
7 de agosto de 2014

Hoje o meu horóscopo diário no Ela Digital está de volta!

Em breve os demais horóscopos também estarão de volta, podem aguardar ;)

Comentários desativados
3 de agosto de 2014

Queridos leitores,

estive hospitalizada do final de junho até ontem, dia 2 de agosto, quando finalmente voltei para casa. O que inicialmente se apresentou como uma intoxicação alimentar se revelou uma hepatite fulminante de causa desconhecida. Hepatite significa inflamação do fígado; a causa não pôde ser determinada (não foi vírus, bactéria etc); fulminante quer dizer que em pouquíssimo tempo o meu fígado praticamente parou de funcionar. Por conta disso, tive que ser submetida a um transplante no dia 18 de julho, quando renasci. Tudo ocorreu bem na cirurgia e minha recuperação tem sido excelente. Todavia, ainda estou em recuperação e devagar vou retomando as atividades profissionais e de rotina. Em breve voltarei a escrever, mas infelizmente não darei conta de produzir o Mapeando de agosto. Por isso, horóscopo mensal só em setembro. Não se preocupem, porque estou bem e tudo vai voltar ao normal em breve! É só uma questão de tempo. O Mapeando é um projeto de vida e de amor e não será abandonado.

Passei esse período com pouquíssimo acesso à internet e por isso não consegui dar notícias por aqui antes, mas recebi inúmeras mensagens, li todas e prometo responder, podem aguardar! Gratidão pela preocupação, pelo carinho e pelas preces, podem ter certeza que toda essa energia positiva contribuiu para que tudo se resolvesse da melhor maneira possível e para que eu me sentisse forte e serena para encarar a adversidade. A doença dói, mas purifica. Sobreviver fortalece o espírito. Estou voltando melhor do que antes e isso se refletirá também no trabalho que dedico a vocês.

Quem quiser se comunicar comigo, pode escrever para mainamello@gmail.com. Meu perfil no Facebook também está aberto e tenho mantido atualizado com notícias, podem me visitar e pedir minha amizade à vontade.

Viva nós! Ainda mais fundo do que o coração, aqui pulsa um novo fígado cheio de amor e alegria pra compartilhar.

Comentários desativados
Orkut Facebook Twitter this!
30 de junho de 2014

Queridos leitores, estou hospitalizada e por isso tenho escrito em ritmo mais lento que o normal. Infelizmente não conseguirei postar o Mapeando de Julho até dia 1 (amanhã) conforme prometido todos os meses. Mas o horóscopo está sendo escrito e será postado em algum momento, tão logo consiga concluí-lo. Peço desculpas pelo inconveniente, mas vocês ainda podem acompanhar minhas orientações diárias no Ela Digital e resumos semanais e mensais na Glamour Online.

Caso queiram falar diretamente comigo, email-me: mainamello@gmail.com, ou enviem mensagem através da página Contato deste site.

Um beijo e até breve!

Comentários desativados
1 de junho de 2014

Este mês faz três anos que o Mapeando está no ar: foi em junho de 2011 que publiquei meu primeiro relatório mensal para os doze signos, data especialmente escolhida para que a mensagem se espalhasse como sementes ao vento pela rede mundial dos computadores. O Mapeando nasceu sob o signo de Gêmeos, com ascendente em Virgem e Lua em Libra.

Mas o momento era promissor para que eu o fizesse, a astrologia florescia na psique coletiva, sucesso que se deve em grande parte à sua divulgação na internet. Hoje a astrologia é popular, está na mente e nos corações das pessoas, nas conversas desde as mais íntimas até às de mesa de bar, nos favoritos dos PC’s mundo afora, ferramenta de autoconhecimento e de construção de identidades, de diagnóstico e planejamento de vida, recurso disponível para a realização dos potenciais individuais e coletivos. Nunca antes na história a astrologia teve um alcance desse porte, e isso é algo que acontece agora depois de um longo período de negação, quando ficou restrita a privilegiados círculos.

Aos amantes da astrologia pode parecer absurdo que este saber tenha sido desconsiderado como legítimo por tanto tempo. Por quê? Porque o mundo ficou desencantado.

Em sua condição primordial, a humanidade possuía um conhecimento instintivo da unidade sagrada do mundo. O homem percebia o mundo natural que o rodeava como impregnado de sentido, cujo significado era ao mesmo tempo humano e cósmico. Percebia-se humano como um microcosmo dentro do macrocosmo, que participava da realidade exterior e estava unido ao todo por vias tangíveis e invisíveis.

Para o ser primordial, a anima mundi era uma matriz de sentido encarnado. A psique humana estava embutida na psique do mundo, suas operações se expressavam em linguagem simbólica, o significado fluindo entre interior e exterior, a comunicação direta em um processo de participação mística.

Mas a evolução da consciência humana é um relato da gradual separação da humanidade em seu estado original de integração com a dimensão espiritual. A princípio, a diferenciação do Eu sofreu influência da evolução da religião, particularmente no contexto ocidental. O homem passou a depender de uma revelação divina transcendental, criadora do universo e detentora de seu sentido. Um Sujeito divino auto-subsistente que criou o mundo como objeto, no qual se desenvolve o sujeito humano e sua história por Ele determinada.

Em seguida, veio o apogeu do logos humano com o surgimento da ciência moderna e do individualismo a partir do Renascimento. O que caracteriza a mente moderna é sua tendência a experimentar a separação entre um Eu subjetivo e um mundo exterior objetivo. O cosmos, cindido do ser humano, é então considerado impessoal, como se o universo fosse puramente mecânico e desprovido de finalidade. Todo o sentido que há lá fora não passaria de uma mera projeção do nosso interior.

O curso da história produziu uma profunda cisão entre a humanidade e a natureza. Este desenvolvimento coincidiu com a crescente exploração destrutiva desta (árvore? É apenas madeira!), a devastação das culturas tradicionais indígenas (é primitivo!), a perda de fé nas realidades espirituais (como confiar em instituições regidas por homens tão falhos quanto nós?) e um estado cada vez mais miserável da alma humana, que se sente isolada, superficial e vazia.

Falando assim, parece que todo o desenvolvimento humano foi igualmente desprovido de sentido e nada de bom resultou. Ora, é claro que não, isso seria cair num maniqueísmo improdutivo. Enquanto o ser humano se apropriava da inteligência, alma e finalidade que antes percebia no mundo, foi ganhando substância, distinção e uma crescente autonomia criativa, já que o sentido tornou-se mais maleável à sua vontade. O ser humano tentou se tornar dono da própria vida. Mas parece que estamos chegando ao limite dessa situação, porque alguma coisa está faltando.

A mente pós-moderna tem tentado esboçar uma nova compreensão da realidade, que inclua a imaginação como mediadora de toda experiência e conhecimento e maior consciência do poder do inconsciente. Afinal, o homem também está desencantado: é um mero objeto de forças materiais e causas alheias a si mesmo, um marionete sócio-biológico, um egoísta, uma máquina produtiva inconsciente de seus próprios recursos.

E é nesse contexto que a astrologia renasce, ainda mais forte, não porque ela é uma verdade absoluta, mas simplesmente porque é um sistema simbólico que nos reconecta ao universo e restabelece o fluxo entre interior e exterior. Simplesmente porque os símbolos são a chave para o inconsciente, e não poderia ser o inconsciente a chave para o universo? A astrologia renasce porque precisamos dela, porque pode nos ajudar a recuperar o homem primordial que ainda vive em nós, soterrado por camadas e camadas de história, mas vibrante, tentando encontrar o seu lugar no mundo. A astrologia renasce porque precisamos experimentar o sentido por nós mesmos, porque precisamos, sim, viver em um mundo encantado.

Por isso, eu não poderia estar mais feliz por viver nesse contexto, por ter me deixado conduzir por esse saber, por ter feito dele o meu ofício e por ter assumido a responsabilidade de disseminá-lo com amor. A festa de três anos do Mapeando é minha, mas também é sua que me lê sempre que pode. Dê-me a sua mão e brindemos!

* O análise histórica deste texto foi baseada no estudo de Richard Tarnas em Cosmos and Psyche

Comentários desativados
27 de maio de 2014

Tem Farm Astral novo no ar! Agora é sobre a outra forma de classificar os signos, em modalidades ou ritmos. A primeira é a cardinal, aquela da tal cruz que se falou tanto nos últimos meses, sabe? Áries, Câncer, Libra, Capricórnio. Leia aqui.

Comentários desativados